https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Para Natália Correia

 
Eras Poeta
e esta gente não entendia!
Eras noite
mas a Lua, por inveja,
não te queria,
e o dia, com medo, de ti,
também fugia!
Eras vida
e até a morte te procurava...
Mas a tua dimensão
não era a vida nem a morte
mas sim a solidão!
Porque ninguém te entendia ...
Eras tu, aurora dos poetas,
eterna madrugada
que antecede os dias puros...
Eras poeta
e esta gente não entendia,
não te queria, nem te via.
Por isso, em teus versos, teu olhar, sofria...
E ninguém entendia ...
Ninguém entendia ...


Em memória de Natalia Correia
e do seu espaço cultural o Botequim.

Ricardo Maria Louro
Em Monsaraz


Ser Poeta é exilio
num pais de condenados
um tormento infinito
de mil olhos rejeitados!

Ricardo Maria Louro

 
Autor
Ricky
Autor
 
Texto
Data
Leituras
313
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Veit
Publicado: 01/04/2020 01:32  Atualizado: 01/04/2020 01:36
Muito Participativo
Usuário desde: 14/12/2019
Localidade:
Mensagens: 97
 Re: Para Natália Correia
Belíssimo!
Encantada com
a poesia de Natália.

Enviado por Tópico
Veit
Publicado: 01/04/2020 18:58  Atualizado: 01/04/2020 18:58
Muito Participativo
Usuário desde: 14/12/2019
Localidade:
Mensagens: 97
 Re: Para Natália Correia
Poema maravilhoso, Tenho certeza de que Natália Correia
Adorou.