https://www.poetris.com/
Sonetos : 

Canteiros e jardins

 
A todo momento o amor em mim
por ti chama, grita e vibra
fazendo-me seguir um sem fim
na busca pela paz infinita!

A todo tempo o amor em mim
grita, vibra, sonha e permanece
feito flor brotando no jardim
numa dedicação que ainda prevalece!

A todo tempo o amor em mim
é um amor que não tem fim
e está comigo onde eu for

logo eu que nos canteiros e jardins
sei perceber de longe que em cada flor
falta exatamente a essência do seu amor!


Mauro Antonio Evaristo

 
Autor
Montserrath
 
Texto
Data
Leituras
150
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.