https://www.poetris.com/
Poemas -> Amor : 

VOO ENTRE FACES

 
Tags:  Voo entre faces  
 
A cada manhã
Encaro o espelho
Que me devolve o olhar
Onde contemplo o receio
E onde bafejo o anseio das horas
Quebradas pela imobilidade do sonho

É deste reflexo preso que me afasto todos os dias
Dando asas à minha alma p'ra voar
Num voo partindo de dentro
Onde me recomponho
Para que não quebre o lapidado
Do tempo...
Do tempo onde me deixei ficar

Parto em busca de um outro mundo
De um outro alento
De um outro olhar
Que não o que me enfrenta repetidamente
E me acusa de um olhar pó de giz
A subir de um lago profundo
Até ao céu macerado
Até às nuvens do entendimento
Pintando de negro a curva do arco íris

Fujo vezes sem conta deste amplexo
Entre faces que não se reconhecem
Fecho os olhos que osculam o passado
E sou ave nas penas do pensamento
Cerrando os lábios num voo incerto

E danço com o vento
Mascarada pela intensidade do sol
E cicatrizo-me nos pingos da chuva
Largados na solidão da minha boca

Para que a dor esmoreça e se torne suave
No espaço choroso entre a moldura
E a minha loucura
E sobrevivo nesta dualidade

Parto sempre...
Num voo com regresso marcado
Porque as asas tem validade
Tem idade, tem fim
E é tão curta, tão pequena
Que o embaciado ainda resiste
Na face espelhada de mim

Luana Lua

 
Autor
Sputnik
Autor
 
Texto
Data
Leituras
184
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Sterea
Publicado: 12/11/2015 20:20  Atualizado: 12/11/2015 20:20
Colaborador
Usuário desde: 20/05/2008
Localidade: Porto
Mensagens: 3397
 Re: VOO ENTRE FACES
Um dos teus melhores trabalhos. Já to disse, logo.