https://www.poetris.com/
 
Fados : 

Versículo da Despedida

 
É verdade meu amor que foste breve
mais breve que o cansaço à tua espera
teus olhos são gelados como a neve
prende-los nestes versos quem me dera.

É verdade meu amor que já nem penso
nas palavras que disseste ao meu ouvido
já não sinto a tua ausência já nem tento
encontrar outro caminho estou vencido.

Trago a dor e a solidão de quem não sofre
num vazio que fica em toda a despedida
sou mais triste que a tristeza que há na morte
sou mais louco que a loucura que há na vida.


Ricardo Maria Louro


Ser Poeta é exilio
num pais de condenados
um tormento infinito
de mil olhos rejeitados!

Ricardo Maria Louro

 
Autor
Ricky
Autor
 
Texto
Data
Leituras
528
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
21 pontos
1
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
trovaliz
Publicado: 12/01/2016 21:53  Atualizado: 12/01/2016 21:53
Muito Participativo
Usuário desde: 20/12/2015
Localidade: Registro/SP
Mensagens: 72
 Re: Versículo da Despedida
Belo Poema, Ricky... gostei. Um grande abraço!