https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Visita.

 
Tags:  Visita.  
 
o moço de gravata
ascendeu à praça,
não era da terra
o forasteiro;
todos atentos,
linguagem muda,
observadora;
silêncio, dúvidas...

a quem caberia
perguntar?!...
pontual, ele poderia!!!
toda manhã o sacristão,
após badalar
o sino da igreja,
costura conversas
para driblar o tempo...

o moço da gravata
o escolhido da vez,
horas e horas,
ponderações,
afeto,
abraços,
despedida...

bisbilhotice!!!...



 
Autor
cavenatti
Autor
 
Texto
Data
Leituras
281
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
0
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.