https://www.poetris.com/
 
Textos : 

Olhando da janela

 
Olhando da janela
 
Em meio a madrugada acordo olho para um lado olho para outro lado do meu humilde quarto nada vejo a não ser paredes teto objetos ,minha cama eu olho firme mente para todos os lados.levanto abro a janela olho para cima céu todo estrelado o vento a sobrar com o silencio da madrugada as belas arvores que avisto da minha janela,olho cada estrela que brilha, fico cm pensamentos longe talvez vou ate ao coração da alma amada, viajo naquele momento tão sublime só meu vou imaginando cenas que ainda vão acontecer, coisas que ainda vou viver, alegrias que ainda vou sentir meus pensamentos voam com o silencio da madrugada vai ao encontro da alma amada que esta nesse momento a dormecida em um lugar suavemente iluminado pelo brilho daquelas estrelas que eu olho e admiro, meus pensamentos continuam a viajar minha alma se envaidece de tanta felicidade naquele momento ao estar mesmo em pensamentos ao lado da quela que tanto meu coração ama e admira, que meus olhos se enchem de lagrimas quando a vejo meu coração pula quando lhe abraça e meu lábios tremem quando os seus se tocam......


Zilka

 
Autor
zika
Autor
 
Texto
Data
Leituras
808
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
1
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 31/03/2016 19:05  Atualizado: 31/03/2016 19:06
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29294
 Re: Olhando da janela
Momentos factos de nosso olhos que se faz da ótica os mais belos instantes onde os pensamentos se contemplam ao imaginário onde o desejo é pleno.

um poema encantador