https://www.poetris.com/
Sonetos : 

Os medos

 
Não é possível viver com tanto medo
saiba de uma vez por todas
que se ficar presa a estes lampejos
vai acabar sozinha, doente e louca!

Não é possível viver presa ao medo
mas, depende de você se libertar
pois viver escrava de pequenos desejos
só vai aos poucos lhe envenenar!

É preciso que você por si só perceba
que independente de tanto ir a igreja
há algo que só pode ser feito por você

mas, é preciso que seja firme no que deseja
pois, o constante medo de sofrer
tira de si a vontade de bem viver!


Mauro Antonio Evaristo

 
Autor
Montserrath
 
Texto
Data
Leituras
87
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.