https://www.poetris.com/
 
Acrósticos : 

Altair

 
Dentre toda a amizade conquistada,
Incontornável afecto se bastante,
A que mais finjo insípida e ignorada,
Na verdade... se revela mais constante.
Assumo esta incoerência inusitada,

Conquanto não perturbe de insolente.
Observo a condição subliminada
Revestida de sentido inteligente
Respeito que se deve à coisa amada.
E não sendo demasiado indulgente,
Inda assim, indulgência observada.
Amo o que sinto de ti em toda a gente

 
Autor
Joanad'Arc
 
Texto
Data
Leituras
361
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
24 pontos
4
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/04/2016 15:46  Atualizado: 17/04/2016 15:46
 Re: ressonâncias
Que lindo!


Convido a para participar desse grupo de poesia!

https://www.facebook.com/groups/poetasquechorameamam/

Enviado por Tópico
Nininha
Publicado: 28/08/2016 22:42  Atualizado: 28/08/2016 22:42
Colaborador
Usuário desde: 14/04/2016
Localidade:
Mensagens: 1717
 Re: Altair P/ Joanad'Arc
Olá Joanad'Arc;
Muito obrigada pela partilha bonita e sentida!
Beijocas amiga


Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 23/02/2017 18:23  Atualizado: 23/02/2017 18:23
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: Altair/ Para Joana d'Arc
Muito bom o poema, Joana d'Arc , com ritmo, palavras mágicas!

Abraços