https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Solidão : 

Fado queixume do mar

 
Tags:  cicuta  
 

Sabes, ainda sinto
a cicuta
do som da tua voz
em cada palavra escrita
na superfície das ondas
nessa cilada perfeita
da leitura do teu olhar

Ainda me sabe a boca
ao mosto do poema
embebido na ironia salgada
que arrastavas
na derme dos dedos

Em vão, vacilo, perante a história
cingida pela cintura
que a sintonia envolvia na vastidão
desse imenso soletrar

Salivo no rosto
o fogo posto
perante esse sabido
desgosto, tão ténue,
mas tão intenso
como a maré desse mar

Ah! Rugido das águas
de encontro às rochas
da desilusão tão certa
da desilusão tão dura
da descoberta
sedimentando sílabas
desgastando a ternura…

O teu poema é fado
perdido de tão encontrado
na orla do tempo
a vagar…

Emerge do sal e sobe
a amurada das minhas mãos concheadas
e lava o veneno das frases
que poluem as areias douradas
e salva o perfume
do búzio que escuto ao longe
num queixume
a naufragar…
a naufragar…
a naufragar…


 
Autor
Nininha
Autor
 
Texto
Data
Leituras
520
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
56 pontos
12
6
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/05/2016 16:02  Atualizado: 26/05/2016 16:02
 Re: Fado queixume do mar
*as imagens poéticas...a dinâmica dos versos...
a riqueza do vocabulário, dos sentidos e sentimentos...tudo exubera no teu escrever!
e eu adoro!
Ouvi aqui o rumorejar dos queixumes dessa solidão...
belíssimo!
beijoka* de infinita admiração!


Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 26/05/2016 16:07  Atualizado: 26/05/2016 16:07
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15181
 Re: Fado queixume do mar
Sintonia perfeita em ritmo que molham os olhos e fazem os dedos esticarem a buscar por alguém além mar. Beijinhos!


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 26/05/2016 16:36  Atualizado: 26/05/2016 16:36
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12514
 Re: Fado queixume do mar P/Nininha
Viva!
Um poema maravilha! Nininha, a menina é uma poetisa linda, inteligente, imaginativa, alma iluminada e deve ter uma estrelinha na testa! Parabéns,
Um favoritão… um abraço e um coração de beijinhos Vólena


Enviado por Tópico
Joanad'Arc
Publicado: 26/05/2016 21:29  Atualizado: 26/05/2016 21:33
Da casa!
Usuário desde: 29/03/2010
Localidade: Lisboa
Mensagens: 255
 Re: Fado queixume do mar
Olá, Nininha

«Há coisas que não se dizem, porque perdem peso»
às vezes o deslumbre da arte nos inibe de dizer o que quer que seja à artista, por medo a distraí-la...


«É preciso navegar»
Porque no teu mar profundo
saem sons que todo mundo
Gostaria de entoar
«É preciso navegar»
É preciso ir ao fundo
É preciso naufragar

De Lisboa, com admiração e amizade
beijinhos
Joana D'Arc


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 28/05/2016 00:04  Atualizado: 28/05/2016 00:04
 Re: Fado queixume do mar
Não há , entre as palavras, melodia enxaguada pelo seu queixume, existe a poesia que resiste ao verso, naufragar, naufragar, naufragar, e no lume perfeito do seu coração, posso ver ao longe a terra onde os náufragos encontrarão suas mãos concheadas....Lindo dedmais, Parabéns.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/06/2016 04:33  Atualizado: 01/06/2016 04:33
 Re: Fado queixume do mar
Bela composição entre o poema e o fado.

Abraço