https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Sobre passos e ecos da meia-noite

 


Melancolicamente assenti,
pior não poderia estar.
Ouvi passos surdos afastando-se de mim,
caminhando a noite toda como ruídos no telhado.

Não tenho armas, não saberia reagir.
Tenho só o coração. E lágrimas que correm cegas,
sem respostas e já não perguntam mais.

Resta fugir com olhos turvos, rosto desbotado,
esperando que os ecos da meia-noite depois da aurora vinda,
se espalhem através das vidraças.

 
Autor
Phalaenopsis
 
Texto
Data
Leituras
397
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
1
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 17/05/2016 09:28  Atualizado: 17/05/2016 09:28
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6830
 Re: Sobre passos e ecos da meia-noite
São os intensos da noite que se a procura do seu próprio silêncio.

belo poema