https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Críticas

 
Tags:  rimas    pensamento  
 
Críticas
 
Obrigado a todos aqueles que debocharam
Agradeço as pessoas que me criticaram
Todos os versos que coloco aqui não significam que eu me esqueci
Sim, estão aqui por que eu quis
Críticas sempre estarão presente
Não adianta fazer nada, infelizmente
Não gostou das minhas rimas de repente
Mas não foram feitas para agradar
Foram compostas para me ajudar, me livrar
Do peso que sempre estou a carregar
Não leio nada, devo já confessar
Sei bem que posso escrever errado
Mas que posso fazer se meu hobby é rimar sobre o passado?
Mesmo que seja criticado, amo as lembranças que nas rimas foram deixadas
Das minhas frases apaixonadas, que estarão marcadas.

Consegui um cantinho para escrever
Então novos versos eu irei fazer
Mas então, será exatamente sobre o quê?
Já escrevi sobre Cinderela, não posso me esquecer
Buscando sempre me envolver neste meu lazer
Se não gosta da minha escrita, entre na fila que tende a crescer
Não consigo fazê-los entender que tento entreter, mas muitas vezes sem saber como dizer
Em alguns momentos eu rasgo a folha por não conseguir compreender
Mas sempre é bom saber que alguém aprecia
É isso que eu gostaria, não creio que seja ousadia minha
Formando frases com a minha antiga, e querida , caneta favorita
Na madrugada da noite escolhida
Onde uma ideia é recolhida
E no papel depositada, busco agora reorganizá-la.

Eu ainda lembro da primeira risada
Lembro bem da primeira gargalhada
Entreguei minha rima com uma face engraçada
Sinceramente, me encontrava animado
Querendo saber o que a pessoa achou do meu "trabalho"
Mesmo sendo apenas um papel com um conto mal contado
Claro que, no final não saiu como planejado
Fui muito criticado, talvez até humilhado
Espalhou para a sala inteira
Nas rimas, a garota que eu gostava, quanta bobeira
Mas o pior ainda estava por vir
A garota recebeu o papel, neste instante me arrependi
Não me segurei, eu corri e me escondi, no silêncio sofri
Até o final da aula, eu fiquei bem ali
Mas pelo menos algo, naquele dia, eu aprendi
Alguém sempre apontará o dedo em minha direção
Muitas amizades desta forma acabarão
E me encontrarei novamente acompanhado pela solidão
Porém, terei minhas "rimas idiotas" para me sentir bem
Para me sentir zen, não odiando ninguém.

Imaginando um lugar para ficar sossegado
Desejando que alguém esteja do meu lado
Imaginando um pequeno e belo lago
Ouvindo um pequeno e antigo rádio, no carro
Tirando todo aquele fardo
Ao ler minhas dedicatórias, me sentir amado.

Finalizo mais um "texto qualquer"
Isso pode até ser chamado de "rima errada"
Mas ainda assim, gosto de escrevê-la em casa.

 
Autor
AteopPensador
 
Texto
Data
Leituras
481
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
7 pontos
3
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 18/09/2016 15:47  Atualizado: 18/09/2016 15:47
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15132
 Re: Críticas
Aqui é um lugar para amadores, assim o diz o próprio dono do site. Quem não gostar que crie um site para si ou um blog onde possa selecionar os "poetas" preferidos. Aqui é para todos e todos somos aprendizes. Muito bom e com propósito o texto. Abraços!

Enviado por Tópico
kripy
Publicado: 18/09/2016 23:40  Atualizado: 18/09/2016 23:40
Colaborador
Usuário desde: 26/05/2010
Localidade:
Mensagens: 2994
 Re: Críticas
Simplesmente adorei seu poema 😉 e se aqui neste site hà um lugar para mim então acredite que hà um lugar para todos ,um grande abraço,Cipriano.

Enviado por Tópico
Ro_
Publicado: 18/09/2016 23:52  Atualizado: 18/09/2016 23:52
Colaborador
Usuário desde: 25/09/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 3962
 Re: Críticas

Eu adorei!
E sim, aqui é o lugar rss
Um beijinho!


*-*