https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Oscilação

 
 
Oscilação
 
Oscilação



É!!! O escuro de minha alma não está muito claro
e o meu corpo pede êxtase pleno.

É!!! O muro não é seguro, falta arrimo forte pra não
cair quando eu me oscilo.

Fujo de quem amo e amo quem foge de mim padeço
sem querer e não quero padecer.

Corro sem aferir, aferindo o risco fico meio arisco.

Sujo e tenho enganos e o noviço fica assim sem logro
e sem ser o amem do meu ser.

Ponho louro no jantar e o sabor fica mais forte e
sirvo o molho misto.

Visto a veste séria que o mundo me propõe e me
aconselha.

Insisto nisso porque o próximo segundo do meu
filho se assemelha.

Fico só, fico quieto sem saber se sempre o meu
errado era certo.

Pra uns fico nu descoberto e pra outros vou indo
meio experto.

Vou indo, vou indo... Com furor e com felicidade de
estar vivo.















O NOVO POETA. (W.Marques).


O NOVO POETA.W.Marques).

ONOVOPOETA.(W.Marques).
 
Autor
ONOVOPOETA
 
Texto
Data
Leituras
296
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.