https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Sem ti!

 
Open in new window

Imagem Google

Claro um receio de um adeus a sorte
e se a sorte foi tudo o que mostrou?
Que é físico, que doí, tem morte!
O facetado que nunca negou!
.
Como é fascinaste a imperfeição,
Valeria a pena a dor anterior?
Silêncios e um abraço de perdão!
Gotas de arame farpado em Flor!
.
Oh que puta de gigante Ilusão
como arriscava ser tanta paixão?
sem olhar, sem perfume, sem ti!
.
O pecado, o silêncio, devora
a dor, o beijo, a quimera! Agora,
chora a demora meu eterno amor!
.
Ana Carina Osório Relvas/A.C.O.R



A felicidade são pequenos sorrisos de determinados momentos
Ana Carina Osório Relvas/acor

https://acor13.blogspot.com/



 
Autor
A.C.O.R
Autor
 
Texto
Data
Leituras
428
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
22 pontos
2
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/12/2016 13:37  Atualizado: 04/12/2016 13:37
 Re: Sem ti!
Fanatismo

Minh'alma, de sonhar-te, anda perdida
Meus olhos andam cegos de te ver!
Não és sequer razão de meu viver,
Pois que tu és já toda a minha vida!

Não vejo nada assim enlouquecida...
Passo no mundo, meu Amor, a ler
No misterioso livro do teu ser
A mesma história tantas vezes lida!

Tudo no mundo é frágil, tudo passa...
Quando me dizem isto, toda a graça
Duma boca divina fala em mim!

E, olhos postos em ti, vivo de rastros:
"Ah! Podem voar mundos, morrer astros,
Que tu és como Deus: princípio e fim!..."

(Livro de Soror Saudade, 1923)
Florbela Espanca

Enviado por Tópico
Quandoachuvacai
Publicado: 04/12/2016 14:50  Atualizado: 04/12/2016 14:50
Colaborador
Usuário desde: 21/10/2014
Localidade: Lisboa
Mensagens: 617
 Re: Sem ti!
Se te escrevo um verso de amor
Ele será para sempre um verso amado
E dentro de mim pode haver só dor
Mas é a dor do meu amor, não te doado

Se te desenho enfim, novo poema
Para mim há sempre nele um belo tema
Um poema de amor eternizado no infinito
O teu poema de amor sempre tão lindo

E que ecoe para sempre e por toda a vida
Na hora alegre da chegada ou
Na hora triste da fria despedida

O meu poema desenhado é para ti poema amado
Poema que te escrevo por nosso amor
Por nosso amor... para sempre eternizado!

Adriano Hungaro