https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Retrocesso

 
Granido d'medo
banido por covardia
caminhando pela esbórnia
segui o homem atrevido e destemido

Bravo d'história
corre pela rua, vencendo a multidão
embainhando-se da corrente
e gritando seu nome

Horripilante luar, estrelas caem
e ainda estou com seu sangue em minhas mãos
Julgo ser o inferno
pois o dia virou noite
e a cruz faz meu peito queimar

Granidos e bravuras não irão te salvar
o caminho trilhado está cheio de pétalas
rascunho de um sonho
pelo qual sua dor traçou


 
Autor
Charlie
Autor
 
Texto
Data
Leituras
322
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
24 pontos
2
3
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 23/01/2017 19:00  Atualizado: 23/01/2017 19:00
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6796
 Re: Retrocesso
Uma poema onde as palavras se transformam e, pura magia, poema brilhante