https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

SONETO - SINTO-TE!

 
Sinto-te nas margens do meu peito
Garimpando o amor e a felicidade
Exalando cheiro do prazer em nosso leito
Invadindo o Alcorão da eterna idade

Grito ingrato do desejo tatuei nas nuvens
Um vácuo, que não se paga com o tempo
Vislumbro-me sonhos, visto-me de paisagens
Beijo o estado etéreo do contratempo

Vento conhecido me chamando á deriva
De um amor a vapor
Devolvendo-me á vida o escalar ogiva

E assim nos contornos da solidão me ponho
Sem um consentimento tristonho
Ao sabor do vento retorno.

Adilson Pinto - 22-01-2017

 
Autor
adilson-Pinto
 
Texto
Data
Leituras
301
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
19 pontos
7
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/01/2017 11:18  Atualizado: 26/01/2017 11:18
 Re: SONETO - SINTO-TE!
Belo soneto! Gostei. Abraço


Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 26/01/2017 11:25  Atualizado: 26/01/2017 11:25
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: SONETO - SINTO-TE!/para Adilson
Bom dia Adilson!!

Belíssimo soneto de amor, em que se destaca a qualidade dos versos e as rimas ricas, fora do comum. Um poema que se apresenta superior pela sensibilidade do conteúdo, do sentimento. Parabéns , poeta!

Abraços !


Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 23/03/2017 12:44  Atualizado: 23/03/2017 12:44
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16055
 Re: SONETO - SINTO-TE!
Adilson
Apreciei a leitura, apesar de evitar o tamanho da fonte!
Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
Claudapoesia
Publicado: 31/03/2017 17:32  Atualizado: 31/03/2017 17:32
Muito Participativo
Usuário desde: 07/12/2009
Localidade:
Mensagens: 77
 Re: SONETO - SINTO-TE!
Belo poema de amor. Parabéns autor.