Poemas : 

COMO FAZER AMOR/1

 


Como fazer amor.

A cumplicidade na residência de um olhar. Baixo de gosto amargo. Disfarçado de tristeza no cair da realidade. Entre nós. Não podemos. Se...

Amor tantas vezes feito nessa linguagem de verde raiada. De terra por sulcar.Nosso vulcão mudo. E o sorriso. Sempre o Sorriso. Do que sabíamos.

Meu tudo nesse Sorriso.
De querer adiado.

[Vem e toca-me. Lê-me dizia-te. Procura-me depois dos pontos na curva da vírgula. Nas minhas curvas. Nas que te podem tocar. Que podes. Assim. Em toques de anjo. Meu Amigo...]


 
Autor
Maddy
Autor
 
Texto
Data
Leituras
97
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
36 pontos
4
4
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
rodas
Publicado: 16/02/2017 22:44  Atualizado: 16/02/2017 22:44
Da casa!
Usuário desde: 16/01/2017
Localidade:
Mensagens: 278
 Re: COMO FAZER AMOR/1
Sinceramente... Ler também o que você só escreveu no beiral dos olhos me sobe um soluço inquieto pela garganta acima e prendo a respiração, por querer saber e poder dizer algo, mas creio que certas almas sabem se comunicarem através do silêncio.


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 19/02/2017 11:28  Atualizado: 19/02/2017 11:28
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 23931
 Re: COMO FAZER AMOR/1
O amor é feira numa linguagem onde os sentidos se amam plenamente