Poemas : 

Fuga

 
Mas eu não vou chorar pelo ontem
Há um mundo normal
De algum modo eu tenho de encontrar
E enquanto eu tento trilhar o meu caminho
Por este mundo normal
Eu aprenderei a sobreviver

Paixão ou coincidência
Certa vez induziu você a dizer
"O orgulho destruirá nós dois em pedaços"
Bem, agora o orgulho saiu pela janela
Cruzou os telhados
Fugiu

 
Autor
Syl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
465
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/12/2017 13:53  Atualizado: 17/12/2017 13:53
 Re: Fuga
Um poema que esta um verdadeiro encanto, maravilhoso