Poemas : 

SINFONIA DE CORPOS

 
Tags:  olhos    doce    corpos    prelúdio    POSLÚDIO    ERUDITO  
 
Acheguei-me a ele...
Frente à frente, olhos nos olhos,
sem palavras fomos eruditos.
Em prelúdio... Soltei os cabelos,
maneei a cabeça, pronta para o primeiro ato...
Doei-me intensa... Ávido me recebeu
Doce, inesquecível poslúdio!


Quando descobri o que sou para Deus a opinião da oposição, a meu respeito perdeu o efeito; quando me conscientizei do que Deus é para mim dispensei intermediários.

http://www.facebook.com/impfavpe

http://revistaarchivosdelsur.blogspot.com...

 
Autor
Esther
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1082
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.