https://www.poetris.com/
 
Crónicas : 

A VIDA SURPREENDEU A SARAMAGO

 
Tags:  vida    palavras    Saramago    jornalista  
 

 Por: EstherRogessi

     
 
      Naquela manhã  assistia a um programa,  na TV.  A apresentadora conversava,  animadamente,  com o jornalista convidado. Em pauta: Experiências jornalísticas, e dentre elas à reprise de uma entrevista, com o excelente escritor português, nascido em Azinhaga do Ribatejo: José Saramago.  
          Ouvi as palavras de Saramago, atentamente... Em certo momento, perguntou ao jornalista: –  “O que posso esperar da vida aos 63 anos”? Essa indagação mexeu comigo. Senti a minha alma ferver, como que um efervescente, num copo d’água. Naquele momento interpretei, às palavras de Saramago, como que apáticas... Pareceu-me, próprias de quem desistiu de lutar, perseverar... Inquietei-me!  Pensei: Se alguma pessoa, depressiva ouvir isso... Não vai ser nada bom! Certamente, pensará: Se José Saramago perguntou o que esperar da vida aos 63 anos de idade...  Que direi eu? 
          No dia seguinte, a indagação do escritor ao jornalista, ainda me inquietava.  Busquei entendê-lo... Procurei  informações, sobre o mesmo. Li, atentamente, a sua biografia. O escritor nasceu no ano de 1922 e faleceu em 2010, aos 88 anos de idade.  Aos 63 anos, não tinha conhecido o grande amor de sua vida: Pilar. Casou-se três anos, após dar essa entrevista, em 1988.
          Embora, tivesse se dedicado à Literatura, só em 1998, alcançou o real reconhecimento literário, quando, enfim,  ganhou o Prêmio Nobel de Literatura. 
          O escritor errou na visão, ao pensar que a vida nada mais teria para lhe oferecer. Sequer imaginou que começaria a viver, após os seus 63 anos de idade, logo após a sua entrevista,  tudo começou a fluir em sua vida...
          Diante, de tudo isso... Sou recém-nascida! 


Quando descobri o que sou para Deus a opinião da oposição, a meu respeito perdeu o efeito; quando me conscientizei do que Deus é para mim dispensei intermediários.

http://www.facebook.com/impfavpe

http://revistaarchivosdelsur.blogspot.com...

 
Autor
Esther
Autor
 
Texto
Data
Leituras
494
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.