https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Amantes

 
Open in new window


Seios brancos, perfumado odor,
Onde meus lábios bebem desse mel,
Pétala a pétala, te vou beijando a pele,
No desabrochar desses mamilos em flor!

A cada toque meu, teu corpo arqueia…!
A cada caricia, a cada revoltear da mão,
A cada remexer a cada contorção,
Que mais e mais Vénus tanto anseia.

Nas pernas árvores com que me abraças,
Pousa o pássaro no ninho perfumado,
Prudente e gracioso como o voo das garças!

É desta forma o nosso amor tão bem amado,
Sem pudores, fingimentos, sem mordaças,
Sem arrependimento e nem sequer pecado!

cavaleiro.100.dama

 
Autor
cavaleiro.sem.dama
 
Texto
Data
Leituras
313
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.