https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Miráculo

 
Tags:  movimento    Inerte  
 
Open in new window
É como se o mundo parasse!
Um silêncio profundo. Não há movimento, som, nem o farfalhar das folhas,
os moinhos de ventos,ou balanço do mar.
E assim ficasse...
Mudo ,inerte,calmo, sem assistência,sem palco,paralisado. Espectros petrificados
E nessa mágica deixa-se...
Observo,na mesma inércia,como simples molécula pensante.
E tudo me intrigasse
Só sei que nada sei, nada sou!
Sou miragem,imagem no miráculo universo que um dia deixarei!!!

Nereida

 
Autor
nereida
Autor
 
Texto
Data
Leituras
246
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
25 pontos
7
5
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Maryjun
Publicado: 06/09/2017 22:49  Atualizado: 06/09/2017 22:49
Membro de honra
Usuário desde: 30/01/2014
Localidade: São Paulo
Mensagens: 6474
 Re: Miráculo
Boa noite, Nereida,

Belíssimo encantador!

Beijos,
Mary Jun


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 11/09/2017 11:55  Atualizado: 11/09/2017 11:55
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29159
 Re: Miráculo
Somos em massa onde os sentidos um dia deixara de existir em nos, somos simplesmente ventos de passagem


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/09/2017 03:33  Atualizado: 27/09/2017 03:33
 Re: Miráculo
Consiste nesse poema grande reflexão existir, um poema maravilhoso, parabéns!


Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 11/07/2019 13:38  Atualizado: 11/07/2019 13:38
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade: Algures em Portugal
Mensagens: 2718
 Re: Miráculo



Excelente poetisa Nereida

Só sei que nada sei, nada sou!


beijos