https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Amor e o tempo

 
Open in new window

No tempo em que o tempo
Era o tempo das almas bentas,
O amor não se vendia
Nem se trocava por nada

Era puro amor,
Não estremecia aos falsos vendavais
Nem aos inexatos alaridos dos corações,
Persistia no templo das verdades

Hoje o tempo é outro, dizem…
Ama-se a noite
E se desama de manhã
Sem remorsos no coração

Amor tornou-se comercial,
Vende-se nas tascas
Ou nas drogarias de falsidade
E não se paga imposto pela venda

Mudaram-se os tempos
Ou mudaram as mentes dos homens?
Se mudança alguma houvera,
Foi pra o pior, o amor já não é o que era

Adelino Gomes-nhaca


Adelino Gomes

 
Autor
Upanhaca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
473
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
22 pontos
6
4
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 14/09/2017 13:47  Atualizado: 14/09/2017 13:47
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: Amor e o tempo/ PARA UPANHACA
Olá Adelino!

O amor é e será sempre o mesmo, em todas as épocas, o que muda, é o modo de amar.
Aparelhados com uma tecnologia incrível que possibilita o mundo diante dos olhos, afasta uma grande maioria da convivência de uma intimidade de olhar olhos nos olhos.

Parabéns querido poe esse belo e real poema!
Beijos


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 15/09/2017 14:46  Atualizado: 15/09/2017 14:46
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12514
 Re: Amor e o tempo P/Upanhaca
...pois, Amigo,a pureza e o amor devem estar envergonhados, esconderam-se e se alguém os vir deve ser virtuoso . Gostei imenso, abraço Vó


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 25/09/2017 18:15  Atualizado: 25/09/2017 18:15
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29490
 Re: Amor e o tempo
Sentidos mudados que trazem indiferentes momentos para com o amor, desencanto se valor