https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Góticos : 

Cilada

 

O crepitar da negra vela
Na noite de lua cheia,
A sala se transforma em cela
Onde cairei na sua teia.

A besta disfarçada de anjo
Avança calma e silenciosa
Eu em pleno desarranjo
E desatento a tal misteriosa.

De olhos afiados de puma,
Sua proposta é irrecusável
Ser ou não ser mais uma
Presa do seu olhar insaciável.

Como um tolo atordoado
Que procura a luz brilhante
Ela me deixa paralisado
Com a sua beleza petrificante



José Coimbra

 
Autor
Legan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
374
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
19 pontos
3
4
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 27/09/2017 19:07  Atualizado: 27/09/2017 19:07
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16614
 Re: Cilada
Legan
Lembrei da Medusa!Adorei a leitura!
Beijos!
Janna

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 04/10/2017 11:24  Atualizado: 04/10/2017 11:24
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29434
 Re: Cilada
Poema que se faz nas mais belas essências dos sentimentos

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 26/10/2017 11:34  Atualizado: 26/10/2017 11:34
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade: Algures em Portugal
Mensagens: 3039
 Re: Cilada
Gostei muito poeta José Coimbra um abraço
Maria