https://www.poetris.com/
Poemas : 

Temo, temporal

 
Tempo perdido
Tempo ruim
Mar revoltado
Barco afundado
A casa caiu
O tempo fechou
È chuva de vento
Torrencial de intemperes
Meu chapéu voou
O chão sumiu
Faz frio
Medo
Desnorteado fiquei
Com tanta revolta do tenebroso
Parece castigo contra mim
Provavelmente
Reclama do mundo inteiro
Com balsa e bangue
Salvar me do desespero
Na masmorra sacudido
No temporal dos aflitos
Só você não chega
Salvar-me
Do perigo
Desse abismo iminente

Por Lizaldo Vieira


Q U E S E D A N E C U S T O d e V I D A - Lizaldo Vieira
Meu deus
Tá danado
É todo santo dia
O mesmo recado
La vem o noticiário
Com a
estória das bolsas
Do que sobe e desce no mercado
De Tóquio
Nasdaq
São paulo
É dólar que aume...

 
Autor
Lizaaldo
 
Texto
Data
Leituras
156
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.