Poemas -> Tristeza : 

triste melodia

 
Ao tocar da melodia em meu violino, sinto como se estivesse a chorar.
Por mais que as lagrimas não caia, sinto- me entristecido, por não poder te ajudar da forma que você espera de mim. Por isso toco essa melodia. Para demostra a forma que estou neste momento de tanta angústia. Sinto me preso, a tristeza começa a tomar conta de tudo que um dia com sorriso senti
Não tenho mais palavras para dizer o que sinto, por isso toco
Essa melodia, com meu violino, posso expressa o que eu sinto, no tocar de suas cordas e como se fosse à batida do meu coração...
Não me sinto bem com tudo isso que acontece.
Mas finjo estar tudo bem.
Mas esta me matando por dentro oh! Tristeza vai embora e me deixa em paz
Não quero mais sentir essa dor de não poder te compreender
Oh meu raio de sol venha a mim
e me tire dessa escuridão que eu me encontro, meu coração anseia por seu amor. Meu coração pulsa firme quando vejo você, queria tanto te dizer, mas me perco em tantas coisas a dizer que não consigo dizer nada
e então a tristeza volta a aparecer na face e sai em cântico entristecido exprimido de tanta amargura.
Não sei mais o que fazer se só vivo a chorar pelos cantos, um sorriso forçado brota em minha face, mas o coração em prantos que só no tocante de meu violino pode se entender o que esta acontecendo comigo nesse momento cada nota expressa a dor que não pode sair com palavras por falta de força que de mim falta.

Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=329542 © Luso-Poemas


Open in new window

arthur luiz

 
Autor
duda
Autor
 
Texto
Data
Leituras
524
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Alberto Ferreira Moreira
Publicado: 16/10/2021 23:38  Atualizado: 16/10/2021 23:38
Membro de honra
Usuário desde: 14/10/2021
Localidade:
Mensagens: 14
 Re: triste melodia
...mais que as lágrimas não caia...! ...vc...! que português é esse... sim senhora. deves estar vaidoso. tens um violino, a sério, mesmo! é tudo escuridão pois. se deixares de chorar pelos cantos talvez encontres a luz, claro, sem esperar
o teu coração... qual coração qual quê. isso está na cabeça, que, digamos, está fodida por um motivo. deita fora o coração e endireita a cabeça.
uma boa noite (vós saíste-me cá uns poetas...) qual violino qual caralho... provavelmente nem tocar ao bicho sabes
um bom fim-de-semana