https://www.poetris.com/
 
Contos : 

A mulher do cemitério

 
Tags:  noite    medo    suspense    causos  
 
Numa noite lúgubre. Três amigos, todos eufóricos sorrindo, tropeçando já embriagados, haviam passado à tarde num barzinho da cidade.
Um deles ia contando uma história intrigante, mas nenhum deles deu atenção porque não diziam coisa com coisa. Ele declarava que uma vez foi no baile da cidade e que lá havia uma moça loira, com os cabelos longos, olhos verdes, uma pele de pêssego um perfume marcante.
Ela era disputada por todos, todavia, ela era quem escolhia a vítima. Ele falou aos amigos que: quando foi levar ela em casa, foram caminhando e ele quando se deu conta já estava na porta do cemitério da cidade! Localizado num lugar estranho em cima de uma ladeira. Perguntou para ela o que vai fazer aí? Ela respondeu eu moro aqui. Quando ele viu, ela já havia sumido deixando a jaqueta dele em cima do túmulo;
Ele saiu de lá correndo, com as mãos na cabeça gritando pelas ruas (Jesus Cristo, Nossa Senhora, Ave Maria, Cruz credo...) acordando os moradores; todos achando que ele estava louco. Mas não adiantou contar isso aos amigos, todos riam sem parar justamente por estarem embriagados. Passado um tempo, eles nem se lembravam da história do amigo. Quando então, resolveram ir ao baile da cidade. Hum! Dessa vez, o outro amigo é quem viveu a triste experiência.
Lá estava a loira mais cobiçada do baile. Foi ela que se aproximou dele, ele como sempre já bem bicado não lembrava de nada. Dançaram, se beijaram e certa hora da noite, ela pediu para ir para casa. Desta vez ele foi de carro, quando no caminho à trajetória ele começou a se arrepiar e se lembrar vagamente da história do amigo, parecia não acreditar seria um pesadelo? ... Ele se tremia todo, quando ela falou pare aqui, é aqui que eu moro, justamente no cemitério. Deu uma olhada para ele acenou e entrou! Ele com olhos arregalados quase hipnotizado desceu a ladeira quase que despencando o carro assombrado foi procurar os amigos para contar o que havia acontecido, em casa não poderia contar senão era o fim do casamento além de mentir para a sua mulher. E por ter passado por aquela situação, chegou vomitando lembrando - se dos beijos. Não conformado no outro dia foi procurar os mais antigos da cidade, para saber de algum boato relacionado a mulher loira. E ouviu de alguns moradores que era verdade que naquela cidade tinha uma moça que morreu há muito tempo que foi moradora da rua tal. Que ela sempre aparecia na cidade nas madrugadas principalmente nas festas seduzindo os homens. Parecia uma vingança, ela mesmo sendo muito linda e loira foi abandonada pelo namorado não suportou e se matou! Ao saber disso: Ele nunca mais foi ao baile da cidade e nem traiu sua esposa.
E seus amigos seguiram seu conselho fazendo o mesmo!


Mary Jun,
Guarulhos,
Às 00:10hrs
20/11/17



Mary Jun

 
Autor
Maryjun
Autor
 
Texto
Data
Leituras
457
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
21 pontos
15
3
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Juanito
Publicado: 29/11/2017 00:12  Atualizado: 29/11/2017 00:12
Colaborador
Usuário desde: 26/12/2016
Localidade: España
Mensagens: 2662
 Re: A mulher do cemitário
Muito interessante essa historia, estimada amiga; contem uma grande lição do que não convém fazer.

Um abraço e os meus parabéns.
Juan


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 29/11/2017 12:12  Atualizado: 29/11/2017 12:12
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12514
 Re: A mulher do cemitário P/Maryjun
...uma boa história, extremamente bem contada um pouco aterradora mas profícua. BEIJINHOS Vó


Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 29/11/2017 16:23  Atualizado: 29/11/2017 16:26
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2009
 Re: A mulher do cemitário ?
Seminário ? Cemitério ? Centenário ? - por isso prefiro morenas !



Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 29/11/2017 23:15  Atualizado: 29/11/2017 23:15
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16193
 Re: A mulher do cemitário
Mary Jun
Adorei essa lenda urbana, tomara que essa loira pegue todos os casados que sonharem em pular a cerca! Rsrs
Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 01/12/2017 18:43  Atualizado: 01/12/2017 18:43
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29310
 Re: A mulher do cemitário
realmente existem essas lendas, pois não devemos abusar e sim respeitar


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 02/12/2017 15:45  Atualizado: 02/12/2017 15:45
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9305
 Re: A mulher do cemitário
Boa tarde Mary, teu conto nos evidencia que esta natureza não está isente de fatores subjetivos para nos afetarem suntuosamente, parabéns pelo vosso incisivo enredo, eu te desejo um final de semana de muitas satisfações, um abraço, MJ.


Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 03/12/2017 11:08  Atualizado: 03/12/2017 11:08
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2009
 Re: A mulher do cemitério