https://www.poetris.com/
Poemas : 

O carteiro passa na tua casa um pouco depois das onze

 
 

aclaras
às claras
a vontade
de amar
nas palavras
da alma

e ficas...
esperando
que o vento
te traga
o sabor das mesmas
….

um tímido erro
de quem
ama em silêncio
a mulher
que quer
e que está com outro qualquer …
sem saber do teu querer

e não te fartas
de gastar a emoção …
espremendo até á casca …o coração
nos poemas …nas cartas …
que ficam à espera
do carteiro das três
para as levar
para junto
do teu amor


Open in new window

até hoje
as palavras hibernam
nos milhares de folhas
nesse outono
que não cessa

hoje
já não escreves a data
nessas cartas
que ficarão para depois …


Open in new window

 
Autor
Pizza
Autor
 
Texto
Data
Leituras
92
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
28 pontos
4
4
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
bulletproof
Publicado: 05/12/2017 12:43  Atualizado: 05/12/2017 12:43
Participativo
Usuário desde: 22/02/2008
Localidade:
Mensagens: 45
 Re: O carteiro passa na tua casa um pouco depois das onze
Simples, com linguagem acessível e não muito poética, mas bem escrito.

Gostei...

Enviado por Tópico
Branca
Publicado: 07/12/2017 11:27  Atualizado: 07/12/2017 11:27
Colaborador
Usuário desde: 05/05/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 2810
 Re: O carteiro passa na tua casa um pouco depois das onze
Gostei muito de ler, de forma suave vem o poema revelando um amor... e, cartas são coisas raras, mas aqui remetem a ideia de romantismo, de carinho...
Parabéns.

Abraço
Branca.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 07/12/2017 11:31  Atualizado: 07/12/2017 11:31
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 14454
 Re: O carteiro passa na tua casa um pouco depois das onze
Pizza
Singelo! Adoro cartas, principalmente as românticas!
Beijos!
Janna

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 15/12/2017 10:27  Atualizado: 15/12/2017 10:27
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 28255
 Re: O carteiro passa na tua casa um pouco depois das onze
Um poema envolvente e apaixonante, lindo