https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Devagar

 
Devagar


Vivo de vontades adiadas,
De prazeres sonhados
Entre os braços do desejo,
E… vou esperando,
E… vou morrendo.
Devagar…
Dolorosamente devagar,
Vou … morrendo.


 
Autor
lucibei
Autor
 
Texto
Data
Leituras
485
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Valdevinoxis
Publicado: 20/01/2007 23:23  Atualizado: 20/01/2007 23:23
Colaborador
Usuário desde: 27/10/2006
Localidade: Aguiar, Viana do Alentejo
Mensagens: 1997
 Re: Devagar
Escrita muito sedutora na forma como se escrevem os silêncios e na sua correcção. É recorrente. Uma verdadeira imagem de marca, que aparece, indelével em quase todos os seus textos.

Valdevinoxis