https://www.poetris.com/
Mensagens -> Desilusão : 

Jamás haverá

 
Open in new windowCuanto siento el no saber noticias suyas,no ver. El llamado volver, una linea siqueira.
Doele el alma, doele el cuerpo.
No tengo ni el desabotonar de la flor.
Ellas son solidárias con mi dolor.
Mando un saludo por el aire, asoplandote,
al oido e te dirá que jamás tendrá olvido.

Nereida

 
Autor
nereida
Autor
 
Texto
Data
Leituras
161
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
4
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
João Marino Delize
Publicado: 09/02/2018 18:35  Atualizado: 09/02/2018 18:37
Colaborador
Usuário desde: 29/01/2008
Localidade: Maringá-
Mensagens: 2687
 Re: Jamás haverá
Quanto eu sinto em não saber notícias de você, não ver. A chamada de volta, uma linha siquer.
Doi a alma, doi o corpo.
Eu nem tenho como desabotoar a flor.
Elas são solidárias com a minha dor.
Eu envio uma saudação no ar ao seu ouvido e você vai dizer que nunca será esquecido.

Não sei o que quer dizer "asoplandote"


Enviado por Tópico
Juanito
Publicado: 10/02/2018 16:07  Atualizado: 10/02/2018 16:07
Colaborador
Usuário desde: 26/12/2016
Localidade: España
Mensagens: 2662
 Re: Jamás haverá
Bellísimo, querida amiga.

¡Esos versos tienen el aire y el son de las cantigas de amigo!

Mis felicitaciones y un beso.

Juan