https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

O Último Ato

 
Uma garra agarra e rasga a crisálida
Onde dormitava o deus do dia.
Apolo, com loiras melanias,
Beija a corola da rosa cálida.

Os dedos rosados da Aurora
Abrem as ventanas do mundo.
Desperta, num suspiro profundo,
A última estrela que vai embora.

A luz penetra coada pela copada
Das árvores tropicais e toca o chão.
Os seres do dia, como uma oração,
Assistem os resquícios da madrugada.

Os feixes dourados argentam a relva
Perolada pelo orvalho santo e sereno.
Pássaros quebram a mudez da selva
Mostrando como este mundo é pequeno.

Se tudo é renascimento e renovação
Qual o motivo de tudo ser tão fugaz?
Se se adora a aurora de cada dia
Por que um dia não nascerá mais?

Se tudo é sol reverberando magia
Qual o motivo de tudo ser efêmero?
Se já nascemos escrevendo o destino
Quem seria o autor destas páginas?

Se tudo é tato, olfato e palato
Qual o motivo dessa insipidez?
No mundo do quem sabe, do talvez,
Qual de nós seria o mais sensato?

Ah! Por pouco não morro ou não mato!
Indagações que insistem em furtar a alegria
Que me domina ao raiar de um novo dia.
Fechem as cortinas! É findo o Último ato..


Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
515
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
44 pontos
8
6
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/02/2018 16:04  Atualizado: 18/02/2018 16:04
 Re: O Último Ato
belos feixes que perolam o orvalho do Luso . Parabéns.


Enviado por Tópico
atizviegas68
Publicado: 19/02/2018 10:47  Atualizado: 19/02/2018 10:48
Colaborador
Usuário desde: 09/08/2014
Localidade: Açores
Mensagens: 1371
 Re: O Último Ato - "As três idades..."
Open in new window



As Três Idades do Homem, pintura a óleo sobre tela de Tiziano, datada de cerca de 1512 e conservado na National Gallery of Scotland de Edimburgo


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 19/02/2018 11:25  Atualizado: 19/02/2018 11:25
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12514
 Re: O Último Ato P/Gyl
...mesmo que as cortinas fechem, no último acto, não será um principio de um outro?... Gostei e muito, abraço Vó


Enviado por Tópico
nereida
Publicado: 19/02/2018 11:46  Atualizado: 19/02/2018 11:46
Colaborador
Usuário desde: 27/08/2017
Localidade: São Paulo
Mensagens: 1371
 Re: O Último Ato
Ah!!! Lindo demais! Parabéns caro Gyl.
Bjs