https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Crítica : 

Crepúsculo dos deuses

 
Perdoe-me se não concordares
Com o que irás ler de agora em diante.
Exalto a minha voz e clamo na madrugada.
Poderia estar dormindo o sono dos justos
Ou nas festas profanas em orgias e degradações.
Mas, estou diante da minha missão.
Bradar contra a ignorância.
Contra a tolice humana.
Quais tentáculos de um aracnídeo
Eles perfuram os cérebros dos incautos
E os fazem ser dominados e manipulados pelo sistema atual.
Em meu silêncio perturbo-me com o que vejo e ouço durante o dia.
Não que eu queira ser melhor do que ninguém,
Mas o ser humano perdeu a sua humanidade.
E o que é um ser humano sem humanidade?
Pior que os insetos e crustáceos que, pelo menos,
Respeitam sua cadeia alimentar.
Mas, o ser humano na sua ambição,
Ganância e hipocrisia solapam a esperança do último mortal.
Com fúria nos olhos eles estraçalham todos os sonhos,
Explodem os balões de oxigênios
Que poderiam perpetuar a nossa existência.
E o que fazer nessa situação?
Os deuses estão caídos no chão.
A poeira cobre os seus rostos desfigurados
E as pessoas dançam em volta de seus restos como zumbis.
Não há nenhuma percepção.
Não há saída para tamanho desespero.
E eu rasgo o meu coração na dor de ver
E ouvir essa ladainha o tempo todo.
Por que você não desperta desse sono mórbido?
Por que não dá ouvidos a sabedoria que brada nas praças
E avenidas sem ao menos ser notada?
Por que insiste em ser esse anencéfalo ambulante?
Por favor, pelo menos uma vez na vida
Dê ouvidos a voz da sua consciência
E saia desses emaranhados de coisas tolas
E supérflua que toma conta do seu tempo.
Não seja mais um escravo do sistema.
Liberte-se!

Poema: Odair José, o Poeta Cacerense

 
Autor
Odairjsilva
 
Texto
Data
Leituras
245
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
2
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 29/04/2018 13:17  Atualizado: 29/04/2018 13:17
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15068
 Re: Crepúsculo dos deuses
Texto muito bem confeccionado que reflete bem o momento atual quê vivemos, amigo Odair, de polarização, intolerância e violência. Parabéns! Abraços que cheguem aí!

Enviado por Tópico
Maryjun
Publicado: 29/04/2018 19:49  Atualizado: 29/04/2018 19:49
Membro de honra
Usuário desde: 30/01/2014
Localidade: São Paulo
Mensagens: 6404
 Re: Crepúsculo dos deuses
Boa tarde, querido amigo,

Um texto cheio de verdade.
Além de reflexivo. Amei e levei.Parabéns!

Um abraço,
Mary Jun