https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Só tu me vês com os eléctricos brancos no meio do sol a destapar o sal bordado

 
.
.
.
.

Eu
desarrumo-te rosas
nos olhos.
Eu desarrumo-te.
E sempre
bem com
os regatos
a morderem-se num incêndio
ao longe


Eugénio Trigo

 
Autor
TRIGO
Autor
 
Texto
Data
Leituras
324
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
3
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
TRIGO
Publicado: 30/06/2018 16:58  Atualizado: 30/06/2018 17:00
Colaborador
Usuário desde: 26/01/2009
Localidade: Cabeça-Boa - Torre de Moncorvo
Mensagens: 2299
 Re: Só tu me vês com os eléctricos brancos no meio do sol...
.
.
.

Fui hoje aos teus pulsos de seda.

Fui. E alguém tirava o sol

dos venenos bordados que a noite

prolonga



…»



https://www.wook.pt/autor/eugenio-trigo/2027841

Enviado por Tópico
Mcris
Publicado: 01/07/2018 18:18  Atualizado: 01/07/2018 18:18
Super Participativo
Usuário desde: 17/11/2017
Localidade:
Mensagens: 124
 Re: Só tu me vês com os eléctricos brancos no meio do sol...
e o coração desarruma-se qndo lê poemas tão belos.