https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Intervenção : 

ao fim da tarde

 
O tejo ao fim da tarde
quase podia mergulhar
num sentimento que arde
Ou então no teu olhar

E numa fracção de segundo
Passaste pela minha mão
como se parasse o mundo
E fosse de novo verão

Mas o impossivel veio
mais cedo que o costume
e as palavras que te leio
Não acendem nenhum lume

 
Autor
mjoao
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1772
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.