https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 22 »
Textos deste autor
Offline
sisnando
Democracia
Democracia Dias contados Muito por culpa dos deputados Democracia Nao vale a pena Lutar pelo si...
Enviado por sisnando
em 15/12/2017 19:16:18
Textos deste autor
Offline
Azke
"do soneto de ir e vir,"
"Mas que pode fazer com quem não sabe arrepender-se?" (Hamlet) Ato III Cena III ...
Enviado por Azke
em 10/12/2017 19:30:21
Textos deste autor
Offline
Azke
"Enquanto, ela"
"(...)o coração em dois me partes. Jogai fora a metade que não presta, para com a outra pa...
Enviado por Azke
em 05/12/2017 01:58:27
Textos deste autor
Offline
Azke
"(Do)pretérito Imperfeito"
"Mesmo que sejas tão casta quanto o gelo, e tão pura quanto a neve, não escaparás(...)&quo...
Enviado por Azke
em 01/12/2017 00:45:31
Textos deste autor
Offline
Azke
"e, Semear.."
"(...)o coração em dois me partes. Jogai fora a metade que não presta, para com a outra pa...
Enviado por Azke
em 08/11/2017 01:37:26
Textos deste autor
Offline
Azke
"Vozes,"
“Quem, tendo um coração para amar e nesse coração a coragem suficiente para tornar conhecido o se...
Enviado por Azke
em 31/10/2017 00:14:01
Textos deste autor
Offline
Azke
"a Cadência"
"Preciso ser cruel para ser bom" (Hamlet) Ato III, Cena IV exemplo (...
Enviado por Azke
em 26/10/2017 03:11:52
Textos deste autor
Offline
Harbard
"After-her(more-than)"
"Fora de casa sois pinturas; nos quartos, sinos; santas, quando ofendeis; demônios puros, ...
Enviado por Harbard
em 25/10/2017 01:44:14
Textos deste autor
Offline
Azke
"Incontrolável conduta,"
"Nossos corpos são nossos jardins, cujos jardineiros são nossas vontades." (Otelo) ...
Enviado por Azke
em 19/10/2017 03:27:30
Textos deste autor
Offline
Azke
"A tela branca que te denomina, por hoje, ainda não te devolveu.."
“Débil vontade! Entrega-me esses punhais. O sono e a morte são maquiagens. Nada mais. (...)” (...
Enviado por Azke
em 07/10/2017 03:43:55
Textos deste autor
Offline
Azke
"Trivial,"
"(...)o coração em dois me partes. Jogai fora a metade que não presta, para com a outra pa...
Enviado por Azke
em 04/10/2017 03:25:14
Textos deste autor
Offline
Azke
"a Corda(e a parte de lá..)"
"(...)Mas... devagarinho! Qual é a luz que brilha através daquela janela? É o Oriente, e J...
Enviado por Azke
em 23/09/2017 06:55:10
Textos deste autor
Offline
Azke
"do lado preferido(indecente e restrito,)"
"(...)enquanto a máquina deste corpo me pertencer." (Hamlet) Cena II, Ato II ...
Enviado por Azke
em 23/09/2017 06:49:04
Textos deste autor
Offline
Azke
"ela-quimera,"
"Orfeu rebelde, canto como sou: Canto como um possesso Que na casca do tempo, a canivete, ...
Enviado por Azke
em 20/09/2017 02:26:02
Textos deste autor
Offline
Azke
"Acima dela, porém ao redor daqui"
“Junto de vós todo o universo está comigo. Como podeis então dizer que estou só, quando o mundo...
Enviado por Azke
em 05/08/2017 01:04:06
Textos deste autor
Offline
Azke
"do soneto que dela, desvia-se.."
"Se tem de ser já, não será depois; se não for depois, é que vai ser agora; se não for ago...
Enviado por Azke
em 27/07/2017 02:25:35
Textos deste autor
Offline
MarySSantos
o templo também é valioso
disseste-me quero-te inteira numa tarde inteira entretanto minh'alma é grande de mais...
Enviado por MarySSantos
em 18/06/2017 14:16:08
Textos deste autor
Offline
Azke
"contraste"
"Fora de casa sois pinturas; nos quartos, sinos; santas, quando ofendeis; demônios puros,...
Enviado por Azke
em 15/06/2017 02:15:04
Textos deste autor
Offline
Azke
"perante mar,"
"Homem livre, tu sempre gostarás do mar." (Charles Baudelaire) todas....
Enviado por Azke
em 12/06/2017 01:46:37
Textos deste autor
Offline
joao20
Poesia Instruída
Vocês que estão aí desse lado fazem a mínima ideia do que é ser poeta?! Ser poeta é recusar toda ...
Enviado por joao20
em 05/06/2017 18:02:18
(1) 2 3 4 ... 22 »