https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Saudade : 

UM PASSEIO NO PASSADO

 


Um passeio despojado , pelo passado que não foi embora.
Conversar com aquelas pessoas que se gostava muito,
Mas que ficou faltando falar sobre esse gostar e muito mais,
Caminhar pelos caminhos nunca esquecidos,
Visitar todos aqueles lugares que tiveram algum significado em minha vida,
Sentir ali o cheiro, as cores e os sons que traziam alegria e alguns dias cinzentos ,
Chegar de surpresa em minha casa em Mato Grosso do Sul
E se embolar, novamente, com meus meninos numa farra que deixa saudade
Perguntar para os que se foram de repente ,
Para outra cidade, outro mundo...
sem explicar o porquê daquela partida,
Quais os motivos de tudo aquilo?
Visitar aquela casa mal assombrada que enfeitiçava meus pesadelos
E conversar com fantasmas que habitaram minha infância ,
Visitar a casa em que passei minha juventude
Rodeado de irmãos ,cães ,gatos e livros,
A procura de algum sinal , alguma palavra, alguma lágrima, alguma canção
Esquecida por alguém, em algum lugar por ali,
Aproveitar conversar e afagar a bugrinha
A cadelinha que acompanhou de perto minha infância e adolescência
Com muito mais atenção que eu merecia;
E naquele bar conversar e tomar a cerveja de sempre,
Ou passear de bicicleta pelos encantados caminhos da Universidade Rural
Onde os sonhos eram muito mais importantes que a realidade
Em companhia dos velhos amigos que viviam os mesmos desejos e angústias ,
Sentar no banco daquela praça com meu filho mais velho ,sorrir e chorar
Por tudo que ficou por sentir, por comemorar, por partilhar...
E quem sabe esquecer de comprar a passagem de volta...



 
Autor
Frederico Rego Jr
 
Texto
Data
Leituras
435
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 18/05/2022 18:20  Atualizado: 18/05/2022 18:20
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 17655
 Re: UM PASSEIO NO PASSADO
Poeta
Hoje fiz um percurso da minha casa até a casa, que meus avós viveram durante a minha infância, percurso que eu não fazia há 30 anos. Na hora só lembrei desse seu belo poema. Foi um passeio emocionante! Muitas casas viraram comércios, outras mudaram bastante a fachada, mas algumas parecem ter congelado no tempo, com as mesmas cores e portões idênticos do passado. Saiba que seu poema me inspirou! Obrigada pela partilha!
Abraço!
Janna