https://www.poetris.com/
Mensagens -> Amor : 

PALAVRAS, SILÊNCIO E POESIA

 
Faço das palavras soltas o meu silêncio
Sei que versos seguidos são poemas
Que como as águas também “barrigam” a terra

E nunca dormem no mesmo lugar,
Porque as águas não têm moradas
Nem namoradas, vivem correndo leitos longos

Há um rio na minha alma me terminando à tarde
Uma roseira e um único sonho pra gente sonhar
Sonho que me começa e não me termina amanhã

O gosto desejo de sonhar!


José Veríssimo

 
Autor
veríssimo
 
Texto
Data
Leituras
191
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
1
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
verasalviano
Publicado: 05/04/2019 08:58  Atualizado: 05/04/2019 08:58
Colaborador
Usuário desde: 16/08/2017
Localidade: Minas/Brasil
Mensagens: 575
 Re: PALAVRAS, SILÊNCIO E POESIA
Veríssimo,
Lindo teu poema.
Nada mais.gostoso que o gostoso desejo de sonhar.
Novo dia ralando.
Que seja leve, livre e solto.
Vera Salviano