https://www.poetris.com/
Poemas : 

A ambição do lápis

 
A ambição do lápis
 

Vou esquentar a cabeça,
vou me desgastar
Vou rabiscar linhas,
vou me imortalizar

Eis a questão:
manter-me íntegro
sem contribuição
ou deixar sangrar
minha inspiração

Para que a anos-luz
de onde estou
uma criança aprecie
tudo o que sou

[...]

Na vida, tudo tem seu preço:
É a cruz que se carrega,
é o fardo da labuta
é a escrita jogada ao vento

É o grafite obrando vida,
materializando o invisível
castiço, valioso e valoroso

Se, porventura,
um sonho interromper
E o lápis ainda estiver apontado
continue desbravando

Algo deve ser escrito
Sem se preocupar
com o não, borrão da vida

A borracha da rejeição
é contrária à opinião;
Só quem sabe provocar
põe seu lápis a usar

[...]

E lá vou eu:
De bico inclinado
reduzido, desgastado

[...]

imortalizado

By Renato Braga

 
Autor
Renatobragarr
 
Texto
Data
Leituras
187
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
0
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.