https://www.poetris.com/
Sonetos : 

NOSSA ESSÊNCIA CONTINUA

 


As folhas amareladas logo mais serão adubo
Nesta nossa caminhada a vida é meio confusa
Após avançada idade não podemos fazer tudo
Então sermos taxados de farol com pouca luz.

O criador nos capacita e nos castra a juventude
Não aceitamos as críticas se estas nos são rudes
Mas quando bem educadas nos norteiam o futuro
Sem assumir derrocada se vive encima do muro.

Se o homem não pode nada o criador pode tudo
Acostumado no claro não se enxerga no escuro
A sorte é bem menor se nascemos surdos e mudos.

Depois das folhas caídas ficam os caules desnudos
Mas o inverno chegando novas folhas logo surgem
Morremos para esta vida,nossa essência continua.

Enviado por Miguel Jacó em 22/03/2019
Código do texto: T6604169
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Miguel Jacó

 
Autor
Migueljaco
 
Texto
Data
Leituras
153
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
18 pontos
2
4
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 22/03/2019 13:18  Atualizado: 22/03/2019 13:18
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16189
 Re: NOSSA ESSÊNCIA CONTINUA
Miguel
Parabéns! Belíssimo soneto!
Beijos!
Janna

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 24/03/2019 11:21  Atualizado: 24/03/2019 11:21
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade: Algures em Portugal
Mensagens: 2734
 Re: NOSSA ESSÊNCIA CONTINUA

Excelente poeta Migueljaco

Depois das folhas caídas ficam os caules desnudos
Mas o inverno chegando novas folhas logo surgem
Morremos para esta vida,nossa essência continua.



Um abraço