https://www.poetris.com/
Poemas : 

Soneto do ☠☢✠☁ᕑ

 
Open in new window
Soneto do ☠☢✠☁ᕑ


Eu penso em desexplicar as cousas
escrevendo cousas que eu não entendo
quem sabe nalgum lugar minha alma pousa
e me mostre que no mundo nem tudo é horrendo

Porque o horrendo em cada cousa sempre repousa
até por saber que a finitude vai crescendo
um poeta disse: Desexplicar! Como ousa
e riu, eu disse: Ai Urubu vai comendo

Certo, errado não importa
não se abre na vida uma porta
sem saber o que vem pela frente

e por mais que eu esteja descontente
Gente! A vida é muito bela para viver
mas uma foda pra se entender.

Alexandre Montalvan


 
Autor
montalvan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
81
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.