https://www.poetris.com/
Mensagens -> Desabafo : 

Mar revoltoso

 
Salpicos de um oceano que transborda
Com sua esperança renovada sempre que acorda
Mas o mar é imenso nunca fica vazio
Mar revoltoso, tempestuoso, mar bravio

Mar bravio que nunca quis amenizar
Pois meu barco precisa dessa braveza para navegar
Navegar nessas ondas e chegar ao "porto" da tua vida
Pena que o farol se apagou e a rota para teu porto ficou por momentos em minha memória perdida

Mar que acolho por inteiro em meu coração
Sobrando-me ainda espaço para tua embarcação
Solta a âncora de teu barco em meu porto e faz dele teu porto seguro
Para navegar-mos nas ondas desta vida, agora e no futuro

Mar no qual não me canso de navegar
E a bela embarcação que não me canso de a olhar
Embora a olhe meio de esguelha, mesmo a sorrateiro
Acerta o relógio de minha embarcação, sê meu relojoeiro!


MINHA POESIA MALDITA...
VEM DE MINHA ESCURIDÃO
E MINHA POESIA LUMINOSA
DE MINHA FONTE DE INSPIRAÇÃO

Peace & love
FidesinOculisMeis 2019®

 
Autor
FidesinOculisMeis
 
Texto
Data
Leituras
79
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.