https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Bom dia

 
Tags:  noite    dia    cafe    cabelo    rosto.  
 
Bom dia

Levanto-me lavo a noite do meu rosto
Para um novo dia eu poder enfrentar
Que ao clarão do dia esteja exposto
Pronto para o que ocorrer possa estar

Lavo-me também os cabelos para tirar
O excesso de óleo que sempre têm
Tomo um cafe quente para despertar
E ver as coisas que estão mais além

Os sonhos ruins e os meus pesadelos
Então, eu consigo todos esquecê-los
Estando pronto para enfrentar o dia

E se à noite puder chegar novamente
Eu possa agradecer esse dia presente
Por ter vivido momentos de alegria.

jmd/Maringá, 26.05.19


verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
249
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
1
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 29/05/2019 20:31  Atualizado: 29/05/2019 20:31
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade: Algures em Portugal
Mensagens: 2701
 Re: Bom dia


Há dias assim vividos com alegria

um abraço poeta João Marino Delize