https://www.poetris.com/
Poemas -> Dedicatória : 

OCIOSIDADDE ALCALINA

 
OCIOSIDADE ALCALINA
(Jairo Nunes Bezerra)

Tristonho e solitário sai em busca do sol,
Repentinamente chegou a chuva...
Foi-se o meu arrebol,
E na enegrecida noite logo chega a lua!

E no anoitecer estrelado( assim espero),
As nuvens ficarão clareadas,
Enquanto meus vários passos incertos,
Alimentam-me ver-te minha amada!

Acontece, alegre vens ao meu encontro,
Da ampla paisagem virastes enca
nto,
E realizada amplia os teus passos!

Agora que se foram o sol e a chuva,
Vislumbro junto a ti a bela lua,
E mais ansioso almejo os teus afagos!


 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
102
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.