https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

hallelujah

 

nossos copos tocaram de leve
brindando à vida
e o cristal produziu um som finíssimo
e indizível que parecia vir
do outro lado do tempo

seria isso o cristalizar do momento?

tinha dentro os sons do entardecer
como quando a brisa do mar
vinda do horizonte
beija a areia fina da eternidade.

nessa improvável melodia,
lá fomos nós
a murmurar bem baixinho
hallelujah hallelujah
como quem quebra o cristal
da solidão noturna e dá um passo
no abismo azul


RoqueSilveira

 
Autor
RoqueSilveira
 
Texto
Data
Leituras
436
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 18/07/2019 23:49  Atualizado: 19/07/2019 12:22
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 1937
 .
.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 02/08/2019 21:04  Atualizado: 02/08/2019 21:04
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16065
 Re: hallelujah
Poetisa
Apaixonante! Há momentos assim, de pureza e transparência de sentimentos, revestidos de doçura, que deveriam ser eternizados! Parabéns pela inspiração!
Beijos!
Janna