https://www.poetris.com/
Poemas -> Desilusão : 

DESPEDIDA INESPERADA

 
Tags:  poema  
 
DESPEDIDA  INESPERADA
 
DESPEDIDA INESPERADA
(Jairo Nunes Bezerra)

À chegada da noite vi o sol fugindo,
Enquanto deslumbrante luar surgia...
Que tudo seja bem-vindo,
E desfeita seja a minha atual agonia!

Sinto das noites a tua ausência,
Que cresce no avançar do tempo...
Prevalece agora a incongruência,
Razão de meu contratempo!

Não posso negar... Sinto a tua falta,
De ti a saudade mais me assalta,
E viro cativo da solidão!

Sei (talvez) isso seja passageiro,
Obstinado seguirei os teus passos ligeiros,
Ansioso pela tua aproximação!

 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
69
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.