https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Saudade : 

DISTANCIADOS

 
Tags:  poema  
 
DISTANCIADOS
 
DISTANCIADOS
(Jairo Nunes Bezerra)

Vejo a noite célere se aproximando,
Tristeza envolve o meu espaço escolhido...
Pelo teu nome fico clamando,
Sem tua resposta fico deveras exaurido!

Sei, estás distanciada recebendo novos ares,
Numa cidade em que o amor se perpetua...
Extasias-te ante o tango de Buenos Aires,
Enquanto ansioso fico pelas carícias tuas!

À noite enegrecida exibe resplandecente luar,
É quando predomina o desejo de te amar,
E sem ti regresso ao meu habitat!

O frio no quarto é predominante,
Foram-se os múltiplos aconchegos de antes,
E sem inspiração o poeta fica a soluçar!



 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
259
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 14/04/2018 13:49  Atualizado: 14/04/2018 13:49
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade: Algures em Portugal
Mensagens: 2802
 Re: DISTANCIADOS
O frio no quarto é predominante,
Foram-se os múltiplos aconchegos de antes,
E sem inspiração o poeta fica a soluçar!

Um abraço Jairo Nunes Bezerra