https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Desilusão : 

Navegando nuvens de ilusão

 
Desabrochar para a vida
Acreditar naquele sonho
E batalhar para alcançar o sucesso.
Metas de uma vida
Que lutamos para vencer.
O sol brilha para todos
Mas, quem pode resistir ao seu calor abrasador?
Estou dormindo
O sonho tão real vem à minha mente
Noites que trazem alento
E desespero para uma mente confusa.
Fechar os olhos
Navegar as nuvens da ilusão
E aportar em seus braços
Na manhã gélida do tempo.
Há coisas que não voltam
Sorrisos que não veremos outra vez!
Deixo escapar um sorriso
Há em meu peito uma esperança
Que brota como rebento
Na terra fértil do meu coração.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

 
Autor
Odairjsilva
 
Texto
Data
Leituras
420
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.