https://www.poetris.com/
Poemas : 

Respeitemos a dor do outro...

 
Se a dor alheia não te consome... talvez devesse rever conceitos de si mesmo.

...

Vezes estamos tão intimamente enfraquecidos que qualquer coisa que é dita ou mal-dita estarrece noss'alma que está pendurada no varal da dor...
...

Vezes estamos tão doloridos pelos augures da vida que não merecemos que alguém que usa bagulho estragado venha pisotiar em nós não respeitando nossa dor...
...

Precisamos ter o mínimo de respeito com o outro pois ninguém tem que receber e retirar alfinetes nos olhos ao ler comentários maldosos que é tão somente o que se tem n'alma escondidos...

...

Se não temos o bem para doar escrevendo... melhor a voz das mãos silenciar...
Inda mais provindo de pessoas estranhas e alheias a nós e que nada soma em nossa história...
...

Perca-se em você mesmo em sua amargura adentrada na areia movediça na qual vives e deixe o outro ter o direto de depurar a cada dia de difícil convivência que se apodera da vida...
...

Porque sabemos que um dia todos passamos por isso...
Uns com acolhimento e consolo e outros perdidos nos dias de infinita solidão que somente tem as redes sócias para se apegar em seus dias de extrema loucura.
Ray Nascimento


Do fundo do meu ser; amo te ler; tua amizade e seu amor sincero são refrigero pra minha alma.Te amo Amiga do seu AMIGOMENINO!
Open in new window
Adriel

 
Autor
RayNascimento
 
Texto
Data
Leituras
68
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
1
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
JuRvida
Publicado: 15/10/2019 21:57  Atualizado: 15/10/2019 23:10
Colaborador
Usuário desde: 03/11/2013
Localidade:
Mensagens: 718
 Re: Respeitemos a dor do outro...

Nossas dores devem ser respeitadas
e também as dos nossos familiares, pois com certeza é dessa maneira que todo mundo gostaria de ser tratado, ou que tratassem as pessoas que a gente ama.
Durante todo esse tempo como membro do Luso mantive relacionamento amistoso com todos os poetas, e nunca em hipótese alguma dei o direito a outros de intervirem na minha vida pessoal, nem em momentos de alegrias e tao pouco nos momentos de dor.
Apesar de sermos pessoas adultas, é muito difícil ter que dividir um espaço como esse tão bacana com pessoas desrespeitosas, que utilizam seus perfis para maldizer o luto e a dor.
Dou respeito e o peço em troca,
O que o mundo precisa nesse momento
não é de pessoas despejando sentimentos e comentários ruins em cima da dor do outro,
um padrão repetitivo, e desnecessário, que fere quem está do lado de cá.

É NECESSÁRIO ser amor por onde for


Obrigada Rayeva pelo texto em resposta ao infeliz poeta que por aqui nos rodeia.