https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Dói demais…

 
Open in new window

Dói demais,
Quando a noite traz solidão
Encoberta na escuridão,
Que enche meu coração dos ais

Dói demais,
Quando passo a noite vazia
Na minha vaga cama fria,
Onde me rebolo sem o cais

Calor dos teus abraços ausentes
Deixam frios os lençóis,
Onde ainda sinto odor das paixões
Dos tempos, que em nós, fizeram presentes

Dói demais,
Quando sinto teu aroma de flor
Mesclado com teu suor
Nos vagos lençóis, que me apinham dos ais

Não sei ficar sozinho,
Na cama vazia, não tenho carinho
Nem calor do teu abraço
Ou aroma do teu perfume, que tanto careço

Adelino Gomes-nhaca


Adelino Gomes

 
Autor
Upanhaca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
348
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
34 pontos
4
3
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
JorgeSantos
Publicado: 21/11/2019 20:31  Atualizado: 24/11/2019 10:19
Da casa!
Usuário desde: 28/06/2019
Localidade:
Mensagens: 374
 Re: Dói demais…
nem mais nem menos, (na mouche)
favorito


Enviado por Tópico
Violante
Publicado: 21/11/2019 23:50  Atualizado: 21/11/2019 23:50
Super Participativo
Usuário desde: 10/09/2019
Localidade: Campinas, Brasil
Mensagens: 168
 Re: Dói demais…
Boa tarde Poeta

As recordações, por vezes, são dolorosas. As recordações de um amor que já não se faz presente ainda é mais dolorosa. E vem com a solidão.
Poema que reflete muito sentimento e sofrimento.
Gostei de ler este seu poema sofrido.

Carpe diem