https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Nossa intimidade

 
Nossa intimidade
 
Nossa intimidade


Ainda ecoa em meus ouvidos,
O zumbido de teu orgasmo meu amor,
Entre lenções e travesseiros,
As roupas já no chão espalhadas,
Sentindo o teu nobre cheiro,
E nós dois fazendo amor.

Foi uma noite desejada,
Efervescente adrenalina e calor,
Sua intimidade despertei,
Minha boca na tua molhou,
Abraçando tua pele nua,
Até o dia que raiou.

Mas não passou de fantasias,
Ainda que nosso mundo se cruzou,
Não posso te prometer mais que alegria,
Apenas fui um pouco audacioso,
No teu coração têm um outro,
Que também teu corpo tocou.

Ainda que endureça aos teus abraços,
Fingir que nada entre nós excitou,
Preciso esconder nossas verdades,
Apagar as imagens de tuas curvas,
Do teu sexo ardente e selvagem,
Entre a caça e o caçador.






Elias da Silva Barbozza


 
Autor
Barbozza
Autor
 
Texto
Data
Leituras
473
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
4
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 24/11/2019 12:32  Atualizado: 24/11/2019 12:32
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29449
 Re: Nossa intimidade
Um poema ilustrado por momentos que se traduz naquele desejo pleno e belo do amor, poema maravilha


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 29/11/2019 20:32  Atualizado: 29/11/2019 20:32
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9630
Online!
 Re: Nossa intimidade
Boa tarde Barbozza, teus versos enredam duas almas ressonantes que buscam se unificarem em suas demandas de afetos amorosos, parabéns por este envolvente poema, MJ.