https://www.poetris.com/
Poemas -> Intervenção : 

Jogados ao lixo

 
Jogados ao lixo
 
Plásticos, bolas e sacolas.
Restos mortais caídos ao chão.
Vestida à terra a molestar os bichos.
Mendigos e cães de rua
Queimam as latas de lixo…
Rolam ao mar de destroços.
Tartarugas nem plásticos vomitam.
Frestas de ilusão.
Pássaros presos em gaiolas.
Alcança o voo a gaivota.
Gavião de voo livre sem amarras.
Caça o lindo azulão.
Pende mais um lindo gorjeio.
Morre o bicho no mar da lição.
Retém o lixo, com seu coração.


Diana Balis

 
Autor
DianaBalis
 
Texto
Data
Leituras
150
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Violante
Publicado: 17/01/2020 17:24  Atualizado: 17/01/2020 17:24
Da casa!
Usuário desde: 10/09/2019
Localidade: Campinas, Brasil
Mensagens: 206
 Re: Jogados ao lixo
Bom dia Diana

A realidade cruel descrita em seu poema. O planeta está em sofrimento. Parabéns por seu alerta.

Beijo

Carpe diem